quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

EncaixePet - Versão 2.0


Evita a dificuldade de confecção do grampo feito com raio de moto, diminui a perda de resistência do PVC e se ajusta melhor à garrafa.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Petnó - Versão 4.0


Mais uma ideia rumo ao nó "perfeito". Furo no PVC feito com serra copo de 32 mm de diâmetro. A desmontagem não é tão fácil e o PVC é menos resistente ao sol que o PET. Gostei desta ideia pela simplicidade, pelo custo, pela facilidade de confecção e pela resistência alcançada. Vídeofoto em http://www.youtube.com/watch?v=YP0B2pe22tc .
- Esta ideia vale 1 milhão de Reais. Estou rico! Rsrsrsrs ...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

EncaixePet


Ideia para unir duas garrafas pet.
Permite fácil montagem e desmontagem.
Cano de 40 mm em PVC para água.
Grampos feitos com raios de moto.
Vídeofoto em http://www.youtube.com/watch?v=aGDvexkIYfU

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Petnó - nova ideia.


Mais uma ideia para unir as garrafas num ponto (nó). Agora as garrafas estão com ar comprimido. Não é ainda tão resistente, mas dará ideia para o uso de novos materiais que forneçam maior resistência ao nó. Vídeo com fotos mais nítidas em http://www.youtube.com/watch?v=rG44rPnNLSA .

sábado, 18 de dezembro de 2010

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Petnó


Outra ideia para unir as garrafas num ponto (nó).
Parafuso feito a partir de um prego (110x5,5mm).
Furo na garrafa com diâmetro de 8mm.
Vídeo das fotos em http://www.youtube.com/watch?v=gnNeyBgz-pI
Falhas nesta ideia: pode entrar água na garrafa e a resistência mecânica da garrafa é reduzida.

domingo, 31 de outubro de 2010

PetCúpula - Estrutura com garrafas pet.



Inicia-se com um pentágono, em cada lado do pentágono faz-se um hexágono, depois mais 5 pentágonos seguidos de mais 5 hexágonos e finalmente completa-se os 5 "meio" hexágonos para formar a base. No interior de cada pentágono e hexágono formam-se os triângulos que dão sustentação à estrutura. As laterais das figuras são garrafas de 2 L, no interior dos pentágonos garrafas de 1,5 L e no interior dos hexágonos garrafas de 2,5 L.

1 - Há junções para 6 e 5 garrafas. Ambas são feitas com fundos de garrafas. As garrafas mais comuns possuem fundos com 5 "gomos" e as de 6 "gomos" encontrei de refri "grapete". Então basta furar com uma serra copo (um furo para cada gomo), esses furos receberão os gargalos das garrafas. Retira-se a tampa e o anel (cuidando para não quebrar). Encaixa-se a boca da garrafa no fundo e pelo lado de dentro recoloca-se o anel e em seguida rosquea-se a tampa. Para dar mais resistência, usei um soprador térmico para retrair a parte mais flexível do fundo da garrafa, fiz isso antes de furá-la com a serra copo.

Já imaginei uma outra forma de encaixar as garrafas. Nessa nova versão as garrafas ficariam sempre fechadas (talvez até mesmo com ar comprimido em seu interior). As uniões receberiam as bocas das garrafas com uma espécie de mão única (enfia a garrafa e uma alça a deixa entrar mas a impede se sair), ou seja, fica presa pelo anel "batente" que toda pet tem. Não sei ainda como fazer isso de forma simples.

2 - A junção das garrafas pelos fundos (não usa cola) é feita com fios de pet. A garrafa de coca-cola é a ideal, pois possui uma "cintura" (na falta desta garrafa, faça uma cintura com o soprador térmico, saiba que o tamanho da garrafa diminuirá). Corte dois pedaços de fio de pet de aprox. 1,5 m cada. Envolva a "cintura" da garrafa com duas voltas, faça um nó com uma das pontas e deixe o restante do fio para laçar a outra garrafa. Faça o mesmo com a outra garrafa. Coloque a duas garrafas uma de fundo para outra e procure encaixar os gomos de forma alternada. Pegue primeiro uma ponta do fio e lace a outra garrafa, fazendo triângulos em volta das garrafas (veja o detalhe na última parte da foto). Repita o processo com a outra ponta.

Em http://picasaweb.google.com/lh/photo/sI8AxecBNV-9jYBtzyChdQ?feat=directlink tem dicas de como fazer fios de pet.

Em http://www.youtube.com/watch?v=9JF3NZgZu7M tem um vídeo com fotos mais nítidas.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Filetador Universal












Remover o fundo e a parte superior da garrafa com o estilete. Corrigir as bordas com uma tesoura. Iniciar pela base da garrafa cortando uma fina tira (2 mm de largura) de aprox. 10 cm de comprimento. Inserir no Filetador Universal (aceita vários formatos de garrafas) e puxar de forma lenta e constante. Aconselho usar luvas ao puxar o fio.



segunda-feira, 26 de abril de 2010

Carretel feito de Garrafas PET
















Carretel em PET para enrolar fios de garrafas pet. Para retrair a garrafa de forma mais regular é bom mantê-la fechada e ir liberando o ar quando este estiver comprimido pela redução de volume da garrafa (abrir a tampa para liberar o ar e fechar para novo retraimento). Este carretel contém 40 garrafas pet transformadas em fios, aproximadamente, pois perdi a conta!

sábado, 24 de abril de 2010

Filtro com Garrafa PET 3.0
















1 - Garrafa com ar comprimido em seu interior após jatos de ar quente na sua base. Soprador serigráfico com bico concentrador alternativo.

2 - Bico concentrador feito com bocal de lâmpada dicróica e chapa em aço inoxidável.

3 - Base da garrafa após jato de ar quente. Manter a garrafa sempre girando e retirando da presença do ar quente em intervalos regulares, porque senão ...

4 - ... uma bolha se forma.

5 - Madeira torneada no mesmo diâmetro do cano, nesse caso 40 mm. O soprador serigráfico fica na temperatura mais baixa.

6 - Não tenho torno na oficina, mas a furadeira de bancada serviu para tornear um pedaço de goiabeira.

7 - Primeiro filtro de garrafa PET com entradas para 40 mm. A entrada da direita não está tão regular quanto a entrada da esquerda, mas serviu ao propósito inicial.

8 - Aplicação do filtro. A água passa da direita para a esquerda. O segundo filtro foi melhor confeccionado (nada como a prática para melhorar as coisas).

9 - Ideia para elemento filtrante feito em PET.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Filtro com Garrafa PET 2.0


















1 - A água pesada é filtrada por este filtro super barato.
2 - Espuma (esponja) e tela de janela no interior da garrafa. O gancho metálico serve para retirar as espumas para limpeza.
3 - Faltou a tela de janela, usada na parte superior da garrafa para evitar o entupimento precoce.
4 - Rosca 3/4 feita após lixamento da rosca original.
5 - O bico abaixo tem dois anéis de borracha no seu interior.
6 - A lima groza retira a rosca da PET. A tarraxa faz outra rosca 3/4 compatível com o bico de engate rápido. A furadeira com serra copo faz um furo na base da PET. O soprador serigráfico amolece o PET para a entrada da "cabeça" do adaptador 3/4-1/2 ao mesmo tempo que reforça a base pela contração do PET. O anel de borracha fica na parte interna da PET. O bico de engate rápido é rosqueado na base da PET. As esponjas são colocadas no interior da PET seguidas pela tela de janela pela boca. O bico de engate rápido é rosqueado na boca do agora Filtro PET com Esponjas.
7 - Simplificação: retirada do engate rápido superior. Facilita a vazão de água na saída do filtro. A fita veda rosca evita vazamentos.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Filtro com Garrafa PET 1.0




















Filtro de pedra (inferior) e de espuma/esponja (superior). Sem a mangueira branca e com o registro superior aberto ocorre a retrolavagem do filtro de pedra (batidas na PET melhora a limpeza). Um único cano alimenta a caixa no telhado e permite usar a água.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Forro Isolante Térmico 2.0
















Forro Isolante térmico 2.0 com caixas Tetra Pak. Um lado é feito menor para encaixar no lado maior da outra peça. Os arrames que suportam as fileiras de caixas estão espaçados em 40 cm. A montagem modular permite a confecção do forro à medida que as caixas forem surgindo. A isolação térmica é elevada, eu aconselho fortemente o uso deste forro.

Forro Isolante Térmico 1.0




















1- Forro isolante térmico. Tive que decidir entre estética ou facilidade de construção. A decisão que tomei está clara!

2 - Detalhe do forro isolante térmico super barato.

sábado, 17 de abril de 2010

Ar comprimido dentro da PET















1- Como injetar e manter ar comprimido dentro de uma garrafa PET. (Diga não ao gelo seco)

2- A ponta metálica do bico de ar comprimido inserido na tampa de uma garrafa PET.

3- A ponta metálica prende a tampa da garrafa PET no corpo do bico de ar comprimido. A tampa está pronta para receber a parte superior de uma garrafa PET pequena.

4- Bico de ar comprimido unido à parte superior de uma garrafa PET pequena.

5- Anel feito com aproximadamente 1 m de borracha de câmara de ar de 2 cm de largura. O anel é feito sobre uma tampa de garrafa PET. Um fio mantem a borracha na forma de anel.

6- Tampa da garrafa PET posicionada no interior do anel de borracha.

7- Anel de borracha, tampa e garrafa prontos para receber o ar comprimido. A tampa é rosqueada até quase vedar a garrafa, isso facilita o fechamento da garrafa após a injeção do ar comprimido.

8- Detalhe de posicionamento para a tarefa de injeção do ar comprimido. Pressionar com a mão esquerda a parede da Pet contra o anel de borracha. O pé esquerdo fica sobre o engate rápido e o pé direito fica em condição de acionar a válvula do bico de ar comprimido.

9- A mão direita pressiona a garrafa contra o bico para manter a vedação e realiza a rotação necessária ao fechamento da garrafa PET.



domingo, 11 de abril de 2010

Bomba Aspirante-Premente


















Bomba d'água móvel. Encaixes sem cola para facilitar reparos/melhoramentos. Ponta do êmbolo feito com tampa de garrafa PET. Dois raios de roda de moto fixam os canos à base metálica (disco de freio de carro descartado). Dois anéis: um de borracha e outro de pet (feito com a tampa de outra garrafa). Os grampos que fixam a tampa à haste do êmbolo são feitos com fio de alumínio (cobre também serve). O soprador térmico é usado para retrair o pet da tampa, usando um cabo de vassoura como molde.

Falha da válvula anterior: o plástico quebrou. A nova válvula é agora realmente alternativa, feita em PET, mais simples e eficiente. A vedação é feita com uma fina tira de sacola plástica (destas que podem sufocar, entupir e poluir!). O mais legal foi a surpresa de ouvir as válvulas funcionando. Mais de um mês em teste sem problemas. Um estilete corta a tampa e uma tesoura corta a PET e a sacola plástica para vedação.

A garrafa PET serve para receber mais rapidamente a água que sai da bomba, comprimindo o ar em seu interior. O ar comprimido se expande no momento que coincide com a elevação do êmbolo, aumentando o tempo em que a água pode circular pela tubulação de saída, que pode ser de menor diâmetro.

Blog do Tipoalgo

Olá a todos.
Neste espaço pretendo disponibilizar notícias das "engenhocas" que desenvolvo nas horas vagas.
Essas "engenhocas" e outras coisas também estão em http://picasaweb.google.com.br/tipoalgo/# .
Os comentários das pessoas de boa vontade são bem vindos!
Espero responder a todos que se interessem por algo aqui postado.
Abraços
Tipoalgo